Dicas para melhorar seus downloads por Torrent

Então pessoal, navegando pela Internet é fácil perceber que hoje em dia nem todo mundo sabe como baixar coisas por Torrent, e quem sabe, não tem todas as manhas para maximizar a velocidade de download e ainda por cima fazer isso sem empacar a sua navegação na Internet.
Bom, ao longo dos anos descobri alguns truques que precisam ser compartilhados. Vou começar com o básico e indispensável, ensinando como funciona os torrents para que quem não saiba possa aprender, e ir até algumas dicas mais avançadas que irá ajudar até quem já usa faz tempo.

http://tauc.link/ - Crie URLs curtas, longas ou com frases aleatóreas

O que é:

Torrent é um meio de compartilhar arquivos entre inúmeros usuários em uma larga rede. Tem o mesmo princípio do FrostWire e eMule, é uma rede P2P (Peer-To-Peer), porém se diferencia no modo em que você procura os arquivos. O programa precisa de um arquivo com a extensão .torrent para poder iniciar o download. Este arquivo .torrent é um arquivo muito pequeno (geralmente não passa de 200KB) que representa todos os arquivos que serão baixados. Este .torrent possui todas as informações necessárias para fazer o download, como por exemplo, quais são os arquivos, seus nomes, tamanhos e quem possui eles.

Como baixar:

Para baixar, em primeiro lugar você precisa de um programa de Torrent. Para Windows, o melhor é o uTorrent, para Mac e Linux, recomento o Transmission (detalhe para usuários Linux: na grande maioria das distribuições o Transmission já vem instalado por padrão). Assim que você instalar o programa em seu computador, você estará pronto para baixar o arquivo .torrent.
Esses arquivos .torrent são adquiridos em sites dedicados a eles. Existem muitos desses sites por aí, mas o maior e mais confiável é o The Pirate Bay, que até recentemente apareceu em algumas notícias em jornais pelo mundo por que estavam tentando fechá-lo (mas não conseguiram xD).
Se você for baixar um filme, por exemplo, procure pelo seu nome em inglês (basta pesquisar no Google para descobrir). Nesse tutorial vou usar o filme “Segurando as Pontas” como exemplo. Seu nome em inglês é Pineapple Express, então basta ir até o site e procurar por pineapple express, como mostra na imagem abaixo:



Então irá aparecer a lista de resultados, com vários resultados. A grande maioria deles irá baixar devagar se você não souber escolher, então irei ensinar como escolher.
Ao lado do título do torrent existem dois números, chamados de SE e de LE, que significam Seeds e Leechers respectivamente.
O números de Seeds significa quantas pessoas possuem esse arquivo inteiro, ou seja, já terminaram de baixar 100% e agora só estão enviando para outras pessoas que queiram baixar. Esse número é importante, pois se ele estiver em 0, significa que não existe ninguém com o download completo, ou seja, você nunca irá conseguir baixar este torrent até o final. Quanto maior este número, melhor.
O número de Leechers significa quantas pessoas estão baixando este arquivo. Assim que você começa a baixar um torrent, você se torna um Leecher, e quando chegar a 100%, você se torna um Seeder.

http://tauc.link/ - Crie URLs curtas, longas ou com frases aleatóreas


Você deve sempre baixar o torrent que tiver mais Seeds, isso garante que você irá baixar de várias pessoas ao mesmo tempo, aumentando assim a velocidade de download consideravelmente, garante também que você irá conseguir terminar o download, e por final, garante que é um torrent confiável, pois se não fosse, ninguém o manteria em seu computador, diminuindo o número de seeds até 0 e eventualmente matando o torrent.
Para encontrar o torrent com mais Seeds facilmente, basta clicar em SE, isso irá ordenar a lista em forma crescente.



Então basta clicar no título do primeiro torrent que aparece na lista. Irá abrir uma página contendo uma descrição do torrent feita pelo seu criador, e mais abaixo os comentários de quem já baixou. É bom ler esses comentários de vez em quando para ter certeza de que o torrent é bom.
Se for este mesmo o torrent que você quer, basta clicar em Baixar Este Torrent.



Você então irá baixar o arquivo .torrent, salve-o em qualquer lugar que você quiser e assim que terminar, abra ele.



O seu programa de torrent irá se iniciar automaticamente, carregar este arquivo e iniciar o download, e se você quiser, já pode deletar o arquivo .torrent do seu computador, o programa já tem todas as informações que precisa.

Pequenos ajustes:

Para alcançar uma velocidade maior, você precisa fazer algumas configurações no seu programa. Em primeiro lugar, se você estiver usando um roteador, terá que abrir uma porta nele para que seu download não seja bloqueado. Isso pode variar um pouco de roteador para roteador, mas as diferenças não são muito grandes. No meu caso, o roteador é um TP-LINK TL-WR641G. Abra a página do seu roteador, vá até Forwarding e então Virtual Servers. Clique em “Add New...”, em Servie Port, coloque algum valor entre 1024 a 65535, não use nenhum número abaixo de 1024 pois estes são reservados para o seu Sistema operacional. Escolha preferencialmente um número bem alto, pois estes não são bloqueados pelos servidores de Internet. Um bom número é 30940. Em IP Address, coloque o IP da sua máquina dentro da rede. Clique em Save.



Feito isso, você deve dizer agora para o programa de Torrent qual porta ele deve usar. No Transmission, vá em Editar > Preferências e clique na aba Rede. Onde diz “Porta para conexões entrantes” (ou alguma coisa parecida) coloque o número da porta que você escolheu antes, no meu caso, 30940.



Já no uTorrent, isso é feito em Opções > Preferências > Rede. Digite a porta em “Porta usada para conexões de entrada”



Feito isso a porta está configurada e todo o tráfego de Torrent está liberado na sua rede.

Limitar a velocidade de upload:

Uma das características básicas das redes P2P é a seguinte: Quanto mais rápido for o seu upload, mais rápido o servidor irá deixar você baixar. Então teoricamente se você limitar seu upload, também irá limitar seu download, certo? Mas na prática não é bem assim.

http://tauc.link/ - Crie URLs curtas, longas ou com frases aleatóreas

Em uma situação normal em que não se está fazendo nenhum download, você tem toda a sua banda de upload disponível. Para navegar na Internet, você precisa fazer uma requisição de pacote para o servidor, ou seja, fazer um upload (pequeno, mas ainda é um upload) para o servidor dizendo o que você quer, para que então ele possa lhe enviar a página que você pediu. Isso acontece toda hora, desde uma pesquisa no Google, verificando seus e-mails e jogando seu jogo favorito on-line.
Quando você baixa por Torrent, normalmente toda a sua banda de upload é usada, impedindo que esses pacotes de requisição sejam enviados para o servidor. É isso que empaca a sua Internet, e por incrível que pareça, também diminui seu download no Torrent! Se você diminuir a velocidade de upload só o suficiente para que esses pacotes possam ser enviados, tem uma grande chance de mais que dobrar o seu download no Torrent, mas o que é garantido é que sua navegação não vai ficar lenta enquanto baixa por Torrent.
Se você tem uma conexão de 2 Mega por exemplo, seu upload deve ser algo em torno de 30kb/s, então você pode limitar isso para algo tipo 18kb/s ou 25kb/s. No meu caso, tenho uma conexão de 10 Mega, meu upload é (teoricamente) em torno de 100kb/s mas eu limito para 55kb/s. É uma boa relação, onde antes de eu limitar o upload, eu baixava a no máximo 300kb/s e agora chega a 950kb/s e sem interferir na navegação.
Enfim, como fazer isso? É bem simples na verdade. No Transmission, vá em Editar > Preferências e clique na aba Velocidades e onde diz “Limitar velocidade de envio” coloque um valor bom para a sua conexão, algo entre 50% - 70% da sua velocidade de upload total.



No uTorrent, o mesmo pode ser feito em Opções > Preferências > Controle de Banda e coloque o valor onde diz “Taxa de Upload Máx.”.



Se você não sabe a sua velocidade de upload, vá em www.speedtest.com para testar sua conexão. Irá aparecer um mapa para escolher servidores que farão o teste. Uma boa escolha é o servidor da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba. Esse é um dos principais servidores aqui no Brasil e boa parte das coisas que você baixa estão nele. Outra boa escolha também é o servidor da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis.
Ao fazer o teste tenha certeza de que você não está baixando nada.



No meu caso, o upload deu 0.75Mbps, ou seja, aproximadamente 80kb/s. Então 55kb/s é uma boa escolha, me deixando aproximadamente 25kb/s liberados.

Adicionar mais Trackers:

Os trackers são servidores responsáveis em dizer ao seu programa de Torrent o IP dos seeders e leechers. Quanto mais trackers, mais seeders e leechers. Todo Torrent precisa de pelo menos um tracker. Como o mesmo arquivo .torrent normalmente acaba sendo enviado para mais de um site de Torrents, o .torrent que você tem pode não ter os mesmos trackers que o arquivo .torrent da mesma coisa que você está tentando baixar em outro site. Porém, todos os Torrents possuem uma identificação única, que garante que este Torrent é o mesmo Torrent que outro, ou não. Essa identificação é o seu Hash, e existe um site, o torrentz.eu, que trabalha de forma semelhante ao Google, procurando em todos os grandes sites de Torrent pelo mesmo Torrent e juntando sua lista de trackers, criando assim um tracker centralizado.
Buscar mais trackers para o seu Torrent neste site é bem simples na verdade, basta você pegar a Hash do seu torrent e colocar no campo de busca.

http://tauc.link/ - Crie URLs curtas, longas ou com frases aleatóreas

Para fazer isso pelo Transmission, basta clicar duas vezes no Torrent da lista de Torrents para abrir suas propriedades, e logo na primeira aba, Informações, vai estar a Hash dele.



No uTorrent, você deve ir até a lista de Torrents, clicar no torrent que você deseja ver a Hash, e na parte de baixo da janela irá aparecer suas informações, junto com a sua Hash.



Basta clicar com o botão direito e copiar.
Com a Hash em mãos, vá até o torrentz.eu e a cole no campo de busca.



Irá aparecer uma página mostrando vários sites em que você pode baixar este .torrent, e mais a baixo irá aparecer uma lista chamada Torrent Tracker, com um pequeno link embaixo dizendo “get a uTorrent compatible list here”.



Clique neste link. Irá aparecer uma página com somente texto simples. Selecione e copie todo esse texto exatamente como ele é.



Voltando ao Transmission, clique duaz vezes de novo no mesmo Torrent para abrir suas propriedades e vá até a aba Rastreadores. Clique no botão Edit trackers, irá abrir uma janela mostrando um texto parecido com o que você acaba de copiar. Vá até o final do texto, pule uma linha e cole os novos trackers.



Clique em salvar e fechar. O Transmission já vai ter carregado os novos trackers e o número de seeds e leechers irá começar a aumentar em pouco tempo.

Com o uTorrent o processo é parecido, clique duas vezes no Torrent e irá abrir uma janela, e a primeira coisa que aparece nessa janela é a lista de trackers. Como no Transmission, vá até o final dessa lista, pule uma linha e cole os novos trackers.



Tenha certeza que entre cada tracker na lista existe uma linha em branco, tanto para o uTorrent quanto para o Transmission, se houver 2 trackers seguidos sem uma linha em branco entre eles (ou 2 linhas em branco seguidas), o programa pode não reconhecer a lista e não carregar nenhum tracker, inclusive os antigos!

Com essas dicas fecho aqui esse tutorial, espero que todos gostem!

http://tauc.link/ - Crie URLs curtas, longas ou com frases aleatóreas
Postar um comentário